Fabiano Paz

Bateria
Fabiano Paz, professor do IP&T

O primeiro instrumento musical do professor Fabiano foi um violão, que começou a tocar aos 14 anos e fez aulas por um tempo. Logo estava tocando guitarra em uma banda. Mas aos 17, depois de ouvir Travis Baker do Blink-182, decidiu que queria ser baterista: vendeu a guitarra, juntou mais um dinheiro e comprou uma bateria.

Logo que começou a estudar bateria, lhe indicaram a EM&T. Quando conheceu a escola, se apaixonou. Se inscreveu no curso, foi aluno do Mario Fabre e do Giba Favery – coordenador do IP&T. Anos depois, começou a trabalhar como funcionário da escola, deixando para trás um emprego num banco. Chegou a dar aulas em outras escolas e então, em 2008, foi convidado a dar aulas na EM&T.

Além de professor, Fabiano Paz toca na noite desde 2009, acompanhando cantores e projetos musicais diversos. Suas influências vão de Carlos Bala (baterista do Djavan) a Will Calhoun (Living Colour) e, é claro, seus professores Mario Fabre, Christiano Rocha e Giba Favery.

Em primeiro lugar, tem que levar a sério o estudo. É importante escolher um bom profissional, uma escola de qualidade para estudar. Um mau profissional não vai te levar a lugar algum, vai nadar sem sair do lugar.

Fabiano Paz
Redes Sociais