Sergio Casalunga

Guitarra
Sergio Casalunga, professor IG&T

Em casa, sua mãe já tocava acordeon então para Sergio Casalunga o contato com a música aconteceu cedo. Aos seis anos ingressou num conservatório para estudar iniciação musical. Tocava guitarra e violão por diversão e se encantou pelas bandas de punk rock. Aos 14 anos formou sua primeira banda e então resolveu voltar a estudar.

Entre as atividades da banda e as aulas particulares de guitarra, ainda não acreditava na música como profissão. Tanto que entrou na faculdade de Educação Física. Mas não se formou: descobriu que queria mesmo ser músico. Largou a faculdade e veio para São Paulo estudar na EM&T – depois de ver uma propaganda da escola em uma revista. Foi aluno do Fabio Santini, do Mozart Mello e do Wanderson Bersani. Logo depois de sua formatura, em 2011, foi convidado a dar aulas na EM&T – que considera sua segunda casa.

Passou a viver exclusivamente de música: além das aulas, toca em bandas e projetos de diversos estilos musicais, participando de festivais e fazendo shows pelo Brasil. Fez licenciatura em música e faz uma pós-graduação em Chorinho. Hoje ouve de tudo e considera a música brasileira sua principal influência: “É uma música rica e a gente precisa dar mais valor”.

A dica é estudar de verdade. A revista, o YouTube, são complementos. Mas é preciso ter um professor ou uma escola. E estudar. Não adianta querer o resultado rápido, pois existe uma trajetória. É preciso ter foco e dedicação.

Sergio Casalunga
Redes Sociais